pt
Atendimento Permanente Todos os dias das 08:00-22:00 +351 217 582 336 geral@clinicalambert.pt R. Cordeiro Ferreira 3 1750-071, Lisboa

Lesões no Golf: quais são as mais frequentes.

Dores no ombro devido a lesões no Golf

As Lesões no Golf são comuns, apesar de não o parecer. Vão de uma simples dor de costas até uma tendinite no ombro mais complicada de recuperar. Muitas vezes, tal deve-se a uma má técnica durante um dos movimentos deste desporto. Porque hoje é dia do Golfista, neste artigo vamos identificar quais as principais lesões, os seus sintomas, por que acontecem e quando procurar tratamento.

As lesões no Golf são evitáveis se soubermos jogar com os movimentos certos, sem nunca exagerar na intensidade. Este que é um dos desportos mais antigos que há memória, e mesmo sendo uma atividade de baixa intensidade, obriga-nos a estar atentos sempre que quisermos pisar o Green (campo em termo técnico).

Vamos então pegar nos nossos 14 tacos e aprender a evitar lesões no golf tão vastas como: 

Dores nas costas.

Apesar de passarmos muitas horas curvados a olhar para a bola e o buraco, o importante é melhorar o nosso swing- o movimento que permite ao jogador acertar no pequeno objeto. A boa rotação diminui a pressão feita pela deslocação do corpo. Ao fazê-lo de forma incorreta aumenta o resto de luxação e, por isso, dor. 

Homem com dores nas costas: uma das lesões no golf mais comum

De modo a prevenir esta situação, o melhor, como em todos os desportos, é realizar aquecimentos e alongamentos antes do jogo e praticar para ter tacadas saudáveis e bem efetuadas tecnicamente. 

No caso de já estar a sofrer deste problema, recomendamos as seguintes indicações, consoante a gravidade. 

  • Descansar.
  • Tratamento com calor ou frio. 
  • Medicação como paracetamol, para promover a redução das dores. 

Se não melhorar, o melhor a fazer é visitar a sua clínica de saúde de confiança. 

Tendinite no pulso.

Tal como na dor de costas, a grande culpada para esta lesão é a má técnica. 

Os tendões do pulso têm um papel importante nas lesões no golf pois estão mais vulneráveis. No entanto, cada caso é um caso e as situações são diferentes se estivermos a analisar um golfista profissional ou alguém inexperiente. No primeiro exemplo, os desportistas são mais propensos a sofrer com este problema devido a um esforço excessivo, sem o descanso necessário entre jogos- levando a inflamações. Já os jogadores sem experiência sofrem graças à  técnica errada assinalada em cima. Cada tacada é medida com a força e, por vezes, é necessária muita para levar a bola de um lado para o outro. Essa pressão, combinada uma técnica desadequada, é meio caminho para uma lesão debilitante. 

Sintomas

A dor nesta área é natural e inflamação vão tornar atividades do dia-a-dia mais difíceis, como agarrar utensílios de cozinha ou abrir latas de conserva. 

Tratamento 

No início passa por utilizar gelo- sempre com um pano para o frio não entrar em contacto direto com a pele- e medicação analgésica de forma a diminuir a dor e o inchaço nos primeiros dias. Contudo, se a dor persistir é necessário visitar uma unidade de saúde. Se necessário o membro será engessado- ou pelo menos uma colocar-se-á uma tala para imobilizar o pulso magoado.  Com o avançar da situação, vai-se definindo o tratamento para a melhor recuperação possível. 

Cotovelo de Golfista.

Apesar de serem desportos diferentes, têm lesões semelhantes. O Cotovelo de Golfista, ou cotovelo de tenista, como pode ler aqui– acontece devido à pressão colocada sobre esta articulação. Para prevenir esta tendinite certifique-se de que está a utilizar, novamente, as técnicas corretas do Golf. 

Sintomas

Novamente a dor é o principal sintoma deste conjunto de lesões. Esta irradia do cotovelo, podendo propagar-se para outras articulações e dificultar o simples segurar de objetos como uma chávena de café ou abrir uma porta. 

Tratamento 

O tratamento passa por colocar gelo na área danificada e descansar. Se isto não melhorar a situação é importante procurar atenção médica, pois pode ser necessário- sempre em último caso, cirurgia para remover o tecido danificado no tendão. 

Lesões no golf na Coifa dos Rotadores (Ombros).  

Os aficionados do golfe, graças aos movimentos necessários para o Swing, podem criar lesões na zona dos ombros. Principalmente nos músculos desta articulação que ficam inflamados e tocam no espaço entre os ossos do braço e do ombro. Também pode acontecer um dos tendões ou músculos rasgarem. Ambas as situações causam dor. 

Sintomas 

A dor no ombro é o sintoma mais proeminente. No princípio, esta sente-se em momentos que exijam a elevação do braço acima do nível da cabeça. No progredir da condição, pode mesmo sentir desconforto em situações de repouso total.  Principalmente, à noite. 

Tratamento

Há duas opções de tratamento. Médico ou Cirurgíco. A primeira opção passa por descanso do membro e, por isso, pode ser necessário andar com o braço ao peito. Aquando do termino deste processo a fisioterapia é essencial para recuperar. Em último caso, a cirurgia pode-se proceder a uma reparação da lesão, remoção de calcificações ou, se necessário, à substituição total ou parcial da articulação do ombro.

pessoa a jogar sem lesões no golf

O que fazer em caso de lesões no golfe? 

Se a lesão ocorrer no Green, deve entrar no carro de golfe e dirigir-se à sua unidade de saúde de confiança. Seja qualquer for a situação, sabe que a Clínica Lambert está disposta a ajudar na melhor recuperação possível para voltar a jogar o mais rápido possível, com qualidade. 

O nosso serviço de Atendimento Permanente está diariamente disponível das 8h às 22h horas. Para mais informações ligue para +315 217 582 336 ou envie um email: geral@clinicalambert.pt

Call Now Button