pt
Atendimento Permanente Todos os dias das 08:00-22:00 +351 217 582 336 geral@clinicalambert.pt R. Cordeiro Ferreira 3 1750-071, Lisboa

Lesões no Padel: Cuidados a ter no desporto irmão do Ténis

Apesar de ser um desporto simples, é necessário ter em atenção as lesões no Padel. Semelhante ao ténis em vários aspetos, para além de ser jogado com raquetes, é um jogo mais rápido e jogado em equipas de 2, sem curva de aprendizagem para poder ser desfrutado sem interrupções. Com as paredes a funcionar como dinamizadoras, o ritmo é sempre acelerado, proporcionando um excelente exercício mesmo para pessoas menos habituadas.

As lesões no Padel mais comuns estão ligadas ao equipamento usado. Isto não quer dizer que é preciso ter uma raquete de 300 euros para evitar dores no pulso. Pode escolher a mais acessível, mas tem de aprender a usá-la. Para evitar, por exemplo, o ”cotovelo de Padel”.

1. Cotovelo de ténis

Apesar de o Ténis ter o monopólio na nomenclatura da maleita, o seu nome original é epicondilite. Todas as atividades que colocam pressão sobre o cotovelo podem levar a esta lesão: como é o caso do Padel. 

Esta tendinite é causada pelo uso excessivo dos músculos que ligam o cotovelo àqueles que endireitam o pulso e, estando tensos, criam pequenas lacerações e inflamações. Estas podem desenvolver-se na zona da protuberância óssea, na parte externa do cotovelo. Leva a dores no cotovelo, podendo mesmo chegar ao antebraço, dificultando atividades como:

  • Levantar, dobrar ou estender o braço. 
  • Agarrar objectos, como canetas.  
  • Abrir jarros ou rodar maçanetas.

O cotovelo de ténis pode passar com o tempo. Se sentir dores pode repousar o braço lesionado e parar a atividade que está a causar o problema. Pelo menos, até se sentir melhor, não queremos que pare de fazer desporto. 

Para complementar, coloque uma compressa fria – como gelo – na zona magoada durante alguns minutos, várias vezes ao dia, para diminuir a dor.

 Em casos mais graves,  pode ser necessária a intervenção de um especialista em fisioterapia. Massajar a área afetada pode ajudar a aliviar a dor e melhorar a rigidez, conseguindo maior movimentação do braço.  Em último recurso, a cirurgia pode ser uma solução para remover o tecido danificado no tendão.

Lesões no Padel - Cotovelo de Ténis

2. Tendinite no Ombro

Tal como o cotovelo de ténis, esta lesão resulta de uma pressão constante na zona afectada, ou seja, os músculos e articulações responsáveis pelo movimento do ombro.  No caso do padel, como é necessário ter os braços sobre a cabeça regularmente, há tendência a esta lesão ser proeminente. 

Tal como acontece com: 

  • Natação 
  • Ténis 
  • Basebol

Os sintomas tendem a piorar ao longo do tempo. Se, no princípio, as dores podem diminuir com o descanso, por vezes, prolongam-se no tempo. 

  • Dores e inchaço no ombro ou de lado. 
  • Dor por levantar ou baixar o braço. 
  • Cliques a mexer o braço. 
  • Rigidez. 
  • Perda de mobilidade e de força no braço. 

O tratamento passa por gerir a dor e o inchaço. Esta gestão é alcançada da mesma forma que o pulso de ténis.  

  • Repouso – evitando as atividades que possam causar dor. 
  • Tratamento com aplicação de compressas frias na zona afectada.
  • Medicamentos contra inflamações.


Tal como acontece com o pulso de ténis, tanto a fisioterapia quanto a cirurgia são recurso para casos mais graves. Sendo que a operação é rara nesta lesão.

3. Fascite plantar

Esta dor nos pés é habitual em casos, como no padel, em que é necessário correr em terreno duro. Ter calçado apropriado ajuda a evitar esta inflamação na membrana espessa (fáscia). Sentida na planta do pé e também no calcanhar, tende a desaparecer por si só passadas duas semanas. Depois desse período, é aconselhável procurar ajuda médica.
 

Os sintomas são: 

  • Dor que piora ao acordar. 
  • Durante momentos de exercício, a situação melhora, ao descansar volta ao normal.
  • É difícil levantar os dedos do chão.

Em casa, para aliviar a dor, pode fazer alguns exercícios de alongamentos suaves ou passar a utilizar um calçado mais confortável ao longo do dia. Mas o mais importante é descansar e evitar fazer mais pressão nos pés. A fisioterapia pode ajudar na recuperação, com exercícios apropriados às suas necessidades como: alongar os músculos para melhorar a amplitude de movimento, reduzir a dor e a inflamação. Apenas se estas opções não resultarem, o que é raro, será necessário uma cirurgia. No entanto, as percentagens de recuperação são altas.

Lesões no Padel - Fascite Plantar

O que fazer em caso de lesão?

Seja qual for a hora em que marcou o seu jogo, o nosso serviço de Atendimento Permanente está diariamente disponível das 8h às 22h horas, com intervenção nas áreas de ortopedia, traumatologia, medicina desportiva e, ainda, medicina dentária.

Para um acompanhamento mais prolongado, conte com toda a experiência da Clínica Lambert para tratar de si. As patologias do foro ortopédico são a nossa especialidade, pelo que encontra nas nossas instalações todos os serviços fundamentais à detecção, tratamento e reabilitação destas estruturas músculo-esqueléticas:

Consultas de Ortopedia
meios complementares de diagnóstico;
equipamentos e uma equipa de Fisioterapia fora de série.

Não hesite em contactar-nos para mais informações. Estamos sempre aqui, para si:
+315 217 582 336
geral@clinicalambert.pt

Call Now Button